Um sonho mucho loco

Postado por Unknown | | Posted On segunda-feira, 15 de novembro de 2010 at 14:30

20081117191508_5687_medium_johnny-depp-chapeleiro-louco

  Tudo começou com uma bebedeira, e o bom dos sonhos é que ninguém fica bêbado, aí a razão de eu nunca ter comido ninguém por lá. Eu estava bebendo com um cara que não sei quem é, talvez seja o capeta, talvez seja um anjo das bebidas, talvez seja meu primo, que é uma mistura dos dois.

  Estávamos na rua, com uma garrafa contendo um líquido vermelho, que poderia tanto ser uma bebida gay com morango como poderia ser apenas xixi menstruado, quando passou por nos duas meninas nem tão lindas assim. Elas são irrelevantes para a história, mas uma ficou me olhando e sorrindo, então quis escrever isso para mostrar que sou bonito nos sonhos, ou as pessoas que participam dele são retardadas.

  É ai que começa a mistura entre dragon ball e senhor dos anéis. Eu ouvi boatos de que 7 esferas douradas estavam prestes a cair na terra, e se elas chegassem em mãos erradas, 7 guerreiros do mal iriam aparecer e destruir tudo.

  Mas eles não contavam com o poderoso e extraordinário corredor que estava ali por perto, um garoto que com sua destreza impecável foi capaz de capturar 5 das 7 esferas antes delas caírem no chão. Sim, esse garoto era eu.

  Mas os problemas estavam apenas começando, para destruir essas esferas eu tinha que levá-las para um mini vulcão escondido em um posto de gasolina (??) e dizer um feitiço secreto para, só assim, salvar a humanidade.

  Então chegamos lá, eu e o cara do primeiro parágrafo, estávamos para arremessa-las ao fogo quando uma multidão de pessoas possuídas pelo mal descobriram nossos planos e vieram para nos impedir. Uma batalha de proporções bíblicas começou, de um lado, os bonzinhos (utilizando camisetas azuis), do outro, os malvados (com a camiseta do Atlético paranaense). A luta durou por muito tempo, minhas voadoras eram a melhor parte, eu literalmente voava por uns 3 metros na mesma posição mas nunca acertava ninguém.

  Tinha muita gente lá, mas nos estávamos ganhando, convertemos milhares de atleticanos em azul (que não era a camiseta do Paraná clube, porque esse time fede), e estávamos pertinho da vitória.

  Não sei bem o que aconteceu nesse meio tempo, mas vencemos a batalha e sobrou apenas uma atleticana, uma garota linda, loirinha de olhos azuis. Eu a prensei contra a parede, e nossos diálogos foram mais ou menos assim:

- Você irá morrer menina, eu terei que fazer isso pelo bem de todos nós.

- Não, por favor, eu estou aqui apenas porque me prometeram…

- Cala a boca, não comece a contar uma história triste, porque eu não posso sentir pena de você e me apaixonar. (??)

- Eu tenho uma doença nos olhos e…

- NÃO!!!!!

- Se eu não encontrar minha avó eu ficarei cega para sempre.

(a avó dela era uma das esferas [???])

- Droga, sua maldita, agora estou apaixonado.

  Nesse momento eu a beijei na boca, todos aplaudiram. Então eu comecei a esfregar meu pipi na perna dela (??) e ela pareceu gostar.

  Foi aí que eu acordei, com uma ereção de dar inveja em um pônei virgem, 5 centímetros e meio cutucando meu travesseiro lateral (??), e foi assim que o sonho acabou e a minha imaginação pervertida começou a atuar…

 

“Tudo faz mais sentido se você estiver chapado”

Meu amigo nem tão pegador quanto meu outro amigo pegador

Postado por Unknown | | Posted On quarta-feira, 10 de novembro de 2010 at 14:09

ist2_5202212-cute-nerd-guy-and-girl-in-love-holding-a-heart

  A namorada desse meu amigo terminou com ele, em um dia de festa, um dia feliz. Ele sabia que isso iria acontecer e nem ligou, de certa forma os dois tinham razão, vejam só.

  Estávamos todos reunidos em um bar no centro da cidade, bebendo e ouvindo música boa, todos pareciam estar se divertindo, exceto ela. Em um momento ela se levantou e chamou seu namorado, dizendo com voz de mulher macho: “Eu quero ir embora, me leve já”.

  Ele se levantou e os dois saíram. Alguns minutos depois ele volta sozinho e começa a contar sua história:

- O que aconteceu? Onde está a Maria? (nome fictício porque não lembro o nome dela)

- Pessoal, ela com toda a certeza do mundo irá terminar comigo, porque coloquei ela em um táxi e mandei embora sozinha, ela tava muito puta da vida mas vocês tem que me entender. Eu sempre odiei quando saía com meus amigos e tinha uma vadia chata que adora estragar uma festa e ia embora mais cedo, não quero que seja assim comigo. Ela pode até ter seus motivos, como:

“- Não estar gostando daqui: Então simplesmente vá pra casa sozinha, porque eu estou gostando.

- Querer ficar a sós comigo: Mas lembrem-se, eu estou bêbado. Mesmo que ela queira sexo eu não vou aproveitar, será mais de uma hora onde ficarei em cima dela, suando igual a um porco, fazendo movimentos pré-programados mas com a cabeça em outro lugar. Comerei ela pensando na conta de luz que tenho que pagar amanhã, nem percebendo se estou fazendo certo, bêbados demoram pra gozar e se distraem rapidamente, tenho certeza que em certo ponto estarei umedecendo suas coxas mas minha cabeça estará pensando no cara que pegarei dinheiro emprestado para poder pagar a porra da minha luz, será uma atividade sem prazer algum, como se eu fosse um gordo que inventasse de entrar na academia. Obrigação e não satisfação. Para nenhum de nos.

- Outro motivo é ela estar simplesmente cansada e querer dormir: Ela não precisa de mim pra isso.

- Provei que não entendo nada de mulheres, mas que se foda, agora eu não tenho mais uma mesmo, ela não gostou da ideia de ter que ir embora sozinha, mas eu adorei a ideia de ficar aqui sozinho, então vamos encher a cara.”

  Assim meu amigo nem-tão-pegador-assim ficou solteiro, e o resto de nos também. Mas o que importa é que todos ficamos bêbados. Ainda não sei quem tava certo, eu não recusaria sexo nem se fosse com uma hiena adestrada sem senso de humor, mas ele tinha seus motivos, assim como ela.

 

  Obs: Se você não entendeu o título, esse é meu amigo pegador:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Porque as pessoas fumam

Postado por Unknown | | Posted On sexta-feira, 5 de novembro de 2010 at 13:01

menino-fumante

  Esses dias um cara me perguntou: “Luan, porque as pessoas começam a fumar?” Eu respondi:

- Pelo mesmo motivo que você começou a dar o cu. Primeiro, para impressionar os amigos. Todos estavam lá, dando o cu, se divertindo e você sem fazer nada. Então chega um momento que você pensa: “Ah, que se foda, todos estão fazendo, tem um pinto sobrando ali, tentarei só para ver como é”.

  Ai você dá pela primeira vez, não gosta muito, tosse bastante e sente uma leve queimação. Mas na semana que vem todos novamente estão bebendo e dando o rabo. Você sabe como é, e agora virou apenas um passatempo de fins de semana. Então você dá.

  Isso se estende por alguns meses, só uma diversão de bêbados, mas de repente você se vê fascinado por isso, você quer mais, então em uma quarta-feira qualquer resolve chamar alguém para te comer, só os dois, sem o grupo inteiro e sem bebida.

  Quartas-feiras se transformam em terças também, quintas tem alguém no seu portão de pau duro para te comer, sexta a mesma coisa, sábado volta para o grupal.

  Assim continua, aquilo já te deixou viciado, seu cu anseia por um pênis cada vez mais, logo são duas vezes por dia, em breve três e quando você menos percebe está dando 20 vezes por dia e gastando muito dinheiro com isso.

  Chega em um ponto que você não consegue mais parar, avisa para seus pais do seu vício, eles se decepcionam, mas aceitam. Se não aceitam você os chamam de hipócritas, fala: “Mas papai também dá o cu todo dia, ele não pode me proibir de fazer isso”, então você continua dando até o fim de seus dias, quando, mesmo estando em uma cama de hospital cagando por um tubo, deseja ter um macho ao seu lado para uma ultima trepada.

  E é assim que quase todo mundo começa a fumar, eu sei que você se identificou, talvez você não fume, mas eu sei que você se identificou com o texto…

O que você faria se…

Postado por Unknown | | Posted On quinta-feira, 4 de novembro de 2010 at 13:10

viagra-l Isso não funcionasse mais?

- Fosse pobre e tivesse que ir trabalhar de bicicleta, mas na metade do caminho o pneu dela estoura, e você não consegue ligar para ninguém vir te ajudar porque tinha acabado de trocar o chip do seu celular para um que te permita usar a internet dele, mas você não precisa de internet nesse momento, você precisa de ajuda. Tem milhares de colegiais olhando para você carregando aquela bicicleta inútil, você já está 10 minutos atrasado e levará mais 20 para você chegar andando. Não, você não pode ligar avisando que chegará atrasado também, pois não lembra do número que estava anotado no outro chip. Bicicletaria? O máximo que você encontra é uma espécie de hippie/mano perguntando se está tudo beleza. Não está tudo beleza, mas você mente. Finalmente chega no serviço e percebe que eles realmente precisavam de você lá. O chefe briga, não tem piedade, com o Mercedes dele não acontece essas coisas. Você está suando feito um porco correndo do fazendeiro gordo que quer matá-lo mas primeiro tem que ganhar a corrida. Todos te olham, sua camisa tá encharcada, sua cueca tá molhada e sua bunda está assada, mas não tem desculpas, você tem que engolir a merda e continuar trabalhando…?

- Descobrisse que realmente existem homens que limpam a bunda sentados na privada? E que começam pelo cofrinho e vão levando o papel até o início das bolas e ainda dizem que é o jeito mais confortável de todos?

- Tivesse um sonho, no qual o mundo inteiro foi infestado por aranhas gigantes e malvadas e você fosse o unico capaz de destruí-las. Você tem uma arma e muita coragem, salva todos que você ama, destrói milhares desses  assassinos treinados, salva o mundo, mas quando acordasse percebesse que você está todo mijado?

- Encontrasse alguém que aparenta gostar de você, sempre que você chega perto ela te olha e dá um sorrisinho, mas toda vez que isso acontece você tem um ataque de nervosismo e vira a cara violentamente para o outro lado, fazendo você parecer um escroto metido a gostosão, sendo que no fundo adoraria retribuir o sorriso mas não consegue, sua mente fracassada é treinada para fracassar sempre mais. Depois da terceira vez ela não te olha mais, e quando o faz é com ódio no coração. Você está triste e achando que nunca conseguirá alguém, e sabe que isso pode ser verdade. O que você faria?

- Se tentasse mudar, mas tudo o que faz é mais do mesmo?

 
Web Analytics