O poder do “foda-se”

Postado por Unknown | | Posted On segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 at 15:30

julianne-moore-mostra-o-dedo-do-meio-durante-as-filmagens-do-longa-what-maisie-knew-25911-1317148205797_1920x1080justin-bieber-musica-imagen2 

  “O foda-se salvou a minha vida, antes eu era um cara depressivo, solitário, raivoso e sem paciência. Hoje em dia: foda-se”
Relatos de um leitor que entrou na minha cabeça e leu esse texto antes mesmo de eu publicar

Atenção, esse texto contém alguns palavrões (sério?)

  Existem muitas coisas na vida que nos deixam pra baixo, nos atormentam e destroem uma pequena parte da nossa alma toda vez que acontecem. Pode ser um colega de trabalho que não para de nos humilhar publicamente desde o dia em que você foi trabalhar com o sovaco fedendo mais que peido de gordo arrombado, podem ser clientes que gritam e te xingam simplesmente porque o carro deles não está funcionando (mesmo você não sendo mecânico), ou pode ser até a sua amiguinha que não para de reclamar que não tem o que fazer, mesmo tendo aberto um restaurante próximo a casa dela que precisam urgente de pessoas para lavar a louça.

  Bem, foda-se

  Esse é o lema da vida, se nada der certo, você achar que logo vai explodir em um turbilhão de emoções que acarretará em uma avalanche de ódio para cima de quem você gosta, pare, pense e repita consigo mesmo: foda-se.

  “Ahh, mas eu levei um tiro na perna, minhas calças foram abaixadas por uma criança filha do demônio e tem um cara pelado correndo na minha direção pra satisfazer a sua mais nova fantasia sexual envolvendo um inválido e cremes para rugas: Bem, aí é melhor você correr, no mais: foda-se.”

  “Eu perdi o emprego, minha mulher me deixou, o puteiro tá fechado, a cerveja acabou, um mendigo roubou meu ultimo cigarro e meu pai tá saindo com um travesti: Foda-se (seu pai, o mais aconselhável para você é se matar).”

  “Os alienígenas estão invadindo a terra, fortemente armados e eu só tenho uma lança e uma moeda de 25 centavos: foda-se, mas não com a lança.”

  O foda-se já salvou muitas vidas, e também acabou com algumas centenas, mas tudo o que importa é que essas palavras tem poder, junte-se a nos (ou a mim, sei lá), e mande tudo e todos e qualquer coisa ir se auto foda-se a elas mesmas.

 

  Não gostou desse texto? É… bem… então tá né?

 
Web Analytics