Minha vida, meu amor

Postado por Unknown | | Posted On quarta-feira, 31 de agosto de 2011 at 18:36

chimpanzé

  Sabem quando você chega no trabalho e se depara com uma poça enorme de vômito recém produzida por um bêbado maldito no chão e percebe que seu dia será uma tremenda de uma merda? Pois bem, esse foi outro dia desses em minha vidinha medíocre.

  O cara deveria ter comido até a mãe dele pra ter vomitado tanta porcaria misturada. Estava por todo lugar, parecia banheiro de puteiro na favela após uma orgia do tigrão. E é claro que eu tive que limpar.

  O fato é que eu ganho pouco demais pra ter que limpar vômito de vagabundo, falei exatamente isso pro meu chefe, e ele perguntou se eu não queria arrumar algo melhor. Como o tom dele foi de ameaça eu fiquei quietinho e esfreguei.

  Logo após esse incidente, apareceu no posto um carinha estranho de bicicleta com um galão nas mãos. Ele queria porque queria abastecer sem pagar. Porra. E ênfase nesse porra. Como assim o senhor quer abastecer e não quer pagar?? Nós indagamos. Ele ficou louco, começou a brigar, falou que éramos incompetentes, que nosso combustível era o mais caro da região, que o irmão dele tinha 6 carros e não abastecia nenhum deles lá por conta desse preço absurdo e nosso atendimento péssimo, xingou geral, falou que ia ligar pro dono e que deveríamos abastecer de graça (???)

  Depois ele ainda disse que nunca mais voltaria lá, e o cara que trabalha comigo, disse “ainda bem, um a menos pra encher o nosso saco”. Ai ele pirou de vez, começou a ameaçar todo mundo e falar que é por conta disso que pessoas morrem.

  Pessoas são de extrema estranheza, nunca vou me acostumar com isso. Eu devo ter um imã de loucos. Mas ok, essas coisas acontecem.

  Perto da hora de eu ir pra casa começou a chover, e como um bom idiota eu não levei roupa de chuva pra moto. Não sei se é de conhecimento geral, mas andar de moto só de camiseta em uma chuva forte dói pra caralho. Mas encarei, eu não poderia ficar no trabalho o dia inteiro, eu trabalho só 6 horas e nem um segundo a mais do que isso.

  Existem 3 caminhos principais que me levam pra casa. Nesse dia, um deles estava interditado por filhos da puta da prefeitura. O outro tinha um filho da puta de um trem parado que impossibilitou minha passagem. E o último era a BR.

  Não sei se é de conhecimento geral, mas andar de moto, só de camisa, em uma chuva forte, a 80 km/h dói pra caralho.

 

  Bem, era só isso o que eu tinha pra falar. Não sei o que a imagem ou o título tem a ver com o resto do post, mas nada disso daqui faz muito sentido, minha vida não faz muito sentido então porque eu faria? Esquece.

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics