Por uma vida mais saudável

Postado por Unknown | | Posted On terça-feira, 11 de maio de 2010 at 15:58

ADES-poster

  Resolvi mudar minha vida, decidi que a partir dessa semana não fumarei e nem beberei mais nada. Sério, já estou a 24 horas sem fumar e pretendo largar de vez isso, assim como a bebida.

  Não to fazendo isso pela minha saúde, ela não é importante pra mim, se eu tiver que morrer de câncer de pulmão ou empalado em um dos braços do Cristo Redentor não me fará muita diferença. Estou fazendo porque eu quero, simplesmente assim, eu quero e pronto.

  Parar de fumar é um cu, as duas primeiras horas é fácil, entre duas e 5 horas você começa a inventar sintomas, como dor de cabeça, tremedeira, alucinações, tudo pra tentar se convencer que tá funcionando. Das 5 às 10 horas sem você já quer enfiar uma mangueira no seu rabo e abrir pra desintoxicar o corpo. Das 10 às 15 horas você quer enfiar a mesma mangueira mas usando nicotina dentro dela. Das 15 às 24 horas todo pornô que você assiste a mulher está fumando um cigarro maior do que o seu.

  Esse post não vai ficar bom porque minha mente ainda não consegue pensar claramente, eu sou o tipo de cara que, quando as coisas começam a ficar difíceis, eu desisto. Sempre fui assim, desisti do futebol, do vôlei, do boxe, de uns 3 cursos, da minha quase namorada, de uma suruba homossexual… mas dessa vez não posso, tenho que terminar algo pelo menos uma vez na vida, minha família já acha que sou um fracassado, meus amigos quase todos acham que sou um fracassado, EU acho que eu sou um fracassado, está na hora de mudar.

  Bebidas eu não sou um viciado, não sinto necessidade de beber sempre, o problema é que quando eu começo não consigo parar, ai fico bêbado demais e faço merdas que estragam minha vida social e profissional. Já perdi as contas de com quantas pessoas briguei quando estava bêbado, na internet e na vida real, não quero mais isso. Então vou parar de vez, porque já tentei diminuir antes e não deu certo, não posso passar por mais um vexame enquanto bêbado.

  Em breve espero poder escrever algo bom novamente, aguardem, logo logo serei um cara limpo, que não fuma, não bebe, não usa drogas e não faz sexo (essa não por minha escolha). Ontem, 8 horas após eu ter fumado meu último cigarro, na minha escola teve um tipo de palestra com teatro e danças exatamente sobre o vício. O filho da puta começou a descrever uma pessoa que eu tinha certeza que era eu, foi bem bonito aquilo, inspirador, descobri que o amor é um morenão dançarino e a AIDS é uma gostosa.

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics