Defeitos e qualidades pessoais

Postado por Unknown | | Posted On quinta-feira, 15 de abril de 2010 at 01:50

CANECA_DEFEITO o_que_-eh_qualidade

  Eu nunca tive muita paciência, pra nada. Quando eu era criança eu passava maquiagem porque não conseguia esperar pra descobrir qual sexo eu teria, hoje em dia descobri que não tenho nenhum. Eu não aguento esperar, isso me dá uma raiva e um desespero gigantesco, se eu quero comer alguma coisa eu tenho que comer agora, se eu quero um objeto eu preciso ter agora, se eu quero uma mulher eu preciso fantasiar com ela agora.

  Odeio isso, as pessoas nunca deveriam me fazer esperar, a muito tempo atrás um carinha prometeu que me daria uma surra que eu nunca mais iria esquecer. Ele sumiu depois disso, mas estava certo sobre a parte de eu nunca esquecer, se vai prometer uma coisa tenha a decência de fazer isso rápido, imagine daqui a 20 anos ele aparece na minha frente e começa a me bater? Criança eu era fraquinho, baixinho e orelhudo, com 39 eu provavelmente serei baixinho, gordinho e não tão mais orelhudo quanto antes, o que tira a minha vantagem de poder voar pra longe dele.

  Paciência nunca será uma virtude minha, mas o que é? Eu estava analisando para tentar descobrir minhas qualidades, pois todo mundo sabe que é fácil encontrar defeitos em nós mesmos, mas qualidade é extremamente difícil.

  Conversando com meu amigo – que se auto intitula um rockeiro poser só porque estava usando a camiseta de uma banda que nunca tinha ouvido, mas como Nike não é banda presumo que ele é apenas um idiota – começamos a listar todos nossos defeitos e depois encontrar qualidades. Timidez é o que mais estraga nossa vida, não beijar a mais de 6 meses porque não somos capazes de conversar com uma menina sobre algo que não seja o motivo da minha calça estar molhada e minhas mãos tremendo sempre nos fez parecer grandes perdedores.

  Mas nada é apenas merda despejada em minha vida, tem vezes que tenho sorte e descubro que alguém gosta de mim, e é ai que entra um outro defeito muito discutido: Minha enorme capacidade de afastar as pessoas de mim.

  Queria poder entender o que se passa dentro do meu cérebro, se algo funciona de verdade ou existe apenas uma privada de idéias e uma larva escondida no canto permitindo que eu realize funções simples como andar, comer, respirar e movimentar a mão rapidamente. Afastar pessoas é o que mais ando fazendo, na vida real eu evito me aproximar e estabelecer uma conecção maior com quem gosta de mim, mostrando, assim, desinteresse e um pouco de arrogância (como já me descreveram). Na internet eu simplesmente mando se fuder e tento esquecer, mostrando, assim, ser um tremendo de um idiota filho da puta (como me descrevem todo dia).

  Mudar é difícil pra mim, tentei parar de fumar, fiquei cinco horas sem cigarro e já comecei a pensar nisso sem parar, parecia que tinha acendido um letreiro no meu cérebro que dizia constantemente “fume um cigarro”. Não posso ir contra ele, um dia meu cérebro será minha fonte de renda (quando descobrirem como prostituir ele).

  Tentei fazer xixi (hoje minha amiga me disse que mulheres odeiam o termo “mijar”, “fazer o pau chorar”, “botar o bichão pra fora e deixar descarregar” e também o inofensivo “passar lubrificador na parede da privada”) no colégio, coisa que é quase impossível pra mim, e também não consegui. Fiquei lá, por quase 10 minutos, olhando pra ele caidinho e sem forças, parecia que uma parte de mim dizia “você vai conseguir, força, você está na sua casa e não tem ninguém lá fora”, mas outra parte insistia em dizer: “você não tem capacidade de fazer xixi em banheiros públicos, você é um merda e nada vai sair daí, se contente com essa porcaria que nunca deu prazer pra nenhuma mulher e hoje não dará para sua bexiga”.

  Isso foi na 2ª aula, fiquei até a 5ª com aquela dor que parecia que logo iria explodir tudo. Voltar pra casa cada passo eu sentia como se um boxeador me desse socos na barriga, mas pelo menos o prazer quando cheguei ao meu banheiro foi enorme. Não saía tanto liquido de mim desde meu primeiro porre com vinho na casa da minha prima aos 13 anos.

  Eu to tentando mudar, to mesmo. Não ser mais um idiota com as pessoas e tentar ser mais compreensivo, mas minha impaciência é maior, acho que nunca serei um daqueles cangurus do clássico da sessão da tarde, “os guerreiros da virtude”.

PL232507h

  Além de tudo não consigo ver uma sujeirinha no chão e relaxar até que eu consiga limpar. Vocês sabem a merda que é isso quando se vive em um quarto que sua mãe prometeu nunca mais fazer faxina e você é preguiçoso demais pra levantar a bunda da porcaria da cama e fazer você mesmo? Já perceberam que preguiça é outro defeito que encontrei, além de bêbado, sem força de vontade, ignorante, chorão, depressivo, sentimental, medroso e fã de glee.

  Mas chega de falar sobre defeitos, todo mundo tem algo bom para oferecer a sociedade, todos somos imperfeitos mas temos coisas boas que podem ser bem aproveitadas por nos mesmos e pelos outros, então citarei as qualidades que encontrei em mim mesmo

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics