Eu sou meio louco

Postado por Unknown | | Posted On sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 at 18:39

Faço stand up no chuveiro

Imaginem um louco pelado e molhado contando piadas para as paredes e rindo dele mesmo, é, esse sou eu.

mic

  Sério, isso é muito estranho. Eu to lá, tomando banho quando de repente me vêm uma história que na hora até acho engraçada mas depois esqueço completamente, e eu a conto, como se estivesse num palco e uma platéia inteira me olhando. O pior disso é que me empolgo com essa coisa, simulo um microfone na minha mão, faço caras e gestos enquanto conto e tudo isso em voz alta. Uma vez eu cheguei no máximo da empolgação, e juro que se eu estivesse do lado de fora me vendo naquele momento eu teria muito medo de mim, muito mesmo. Comecei a imaginar que a água do chuveiro era a risada do público, então eu o abria e fechava o tempo todo, terminava uma piada e ligava, chuáááááá esse é meu público, esse sou eu, o orgulho da mamãe…

Derrubo cinzeiro nas piores horas

  Esses dias eu estava vendo o stickam e finalmente consegui ver um peito lá. Tudo bem, era um peitinho lindinho, mamilos rosados e tal, fiquei excitado e fui bater uma. Quando eu to sozinho eu curto abaixar as calças até o joelho (não que eu bata punheta acompanhado as vezes, não foi isso que eu quis dizer), e tava lá quando na metade eu não sei como consegui bater o braço no cinzeiro cheio e ele caiu inteiro sobre mim. Sujei camiseta, teclado e uma boa parte caiu no meu bichinho.

  O foda é que eu tava meio que gozando, ai aquela coisa grudou nele e ficou todo pretinho, tive que colocar ele em cima da pia pra lavar, e é claro que broxei na hora. Achei muito engraçado isso depois, de tão idiota que foi, só eu pra conseguir fazer meu pau fumar.

  Contei essa história pro meu amigo e ele ficou constrangido com tantos detalhes, espero que vocês não fiquem, e aprendam que se forem se masturbar tirem o cinzeiro de perto e nem pensem em bater e fumar usando a mesma mão, vai por mim, os riscos de se fazer isso são enormes…

Faço musicais

  As vezes estou aqui, sozinho e coloco umas músicas bem ruinzinhas para tocar, normalmente músicas gays dos anos 80 e começo a me imaginar fazendo um musical com versões em português desses clássicos. Imagino o palco, a platéia, meus parceiros ao meu lado dançando as coreografias recém inventadas por mim e faço a festa.

  Minha playlist vai desde the turtles até the papas and the mamas, onde um verdadeiro show cria vida dentro desse espaço apertado que é meu quarto. Já bati o pé na cama tantas vezes que agora ela usa o travesseiro pra se defender quando chego perto. Eu acho isso perfeitamente normal, mas tem gente que não, como a Gabih

OgAAAHWPq2ynyPAIfJ6GQn1hvu9GLW6ts7HAnfUzxL2scmnkhVMC4sOizZQy1hJOiBtvX_UwNB_liAz__SXRdDJAMcEAm1T1UJcLjXOVNXJoRuwNkYy7kMD5S_zd

Imagino que estou sendo filmado 24h por dia

  Isso é estranho mas verdade. As vezes faço qualquer coisa idiota e sem perceber olho para o lado e faço uma cara sarcástica, ou de idiota, ou os dois, como se alguém estivesse me vendo fazer aquilo, é muita idiotice pra uma pessoa só, mas eu faço.

  Quando eu me imagino em um show de rock (porque além de musicais e stand up também dou concertos de rock na minha cabeça) eu to lá cantando bem de boa, e no intervalo dou uma entrevista imaginária para uma câmera imaginária que tem no meu quarto.

  Ou então conto uma piada em voz alta, começo a rir sozinho e falar “essa foi boa em?”

  Será que tenho sérios problemas? Ou vocês também fazem algo parecido mas não tem coragem de falar publicamente o quão malucos parecem? Sei lá, só sei que escrevi esse post em 5 minutos, to sem inspiração, hoje é sexta feira, meus amigos estão indo para um barzinho maneiro no centro e eu sou o único que não tive dinheiro para ir, então ficarei a noite inteira triste no meu quarto, bebendo uma batida de amendoim e sem compania nenhuma, a não ser que vocês me façam compania nessa noite fria que deixa os corações carentes e ok, parei.

  Umas 3 mulheres me add no msn, as 3 falando em inglês e perguntando se eu queria ver elas peladas em um site de cam e que pra isso eu precisava só de um cartão de crédito. Malditas, eu fico tão feliz quando uma mulher me add no msn e quando vou ver é esse spam filho da puta, eu não tenho sorte mesmo, pouta que paril…

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics