Feriados inúteis

Postado por Unknown | Marcadores: | Posted On quarta-feira, 10 de junho de 2009 at 21:37

feriado (1)

  Cara, eu amo o Brasil. Temos muitos feriados, alguns a maioria da população nem sabe porque existe mas aproveitam para não fazer nada mesmo assim (como se nós fizessemos muita coisa durante os outros dias). Eu sempre gostei desses feriados, uma boa desculpa para encher a cara com os amigos, ou comer bacalhau, ou ganhar chocolate, ou presentes, ou uma visita ao cemitério. E claro, temos outros feriados que não servem pra porrraaaa nenhuma, mas mesmo assim gostamos. Dia dos namorados: um jeito de fazer os homens gastarem mais dinheiro, as mulheres esquecerem a TPM e a gravidez indesejada causada por muita bebida, drogas e o primo do seu namorado, enquanto uns solitários, inúteis, mal amados, ignorantes, retardados iguais eu ficam que nem uns idiotas nesse dia se lamentando por ninguem querer te comer, ninguem te dar atenção, sua vizinha ter fudido com seu tio na sua cama enquanto você batia uma no banheiro pensando nela, imaginando como seria bom dar um presente para alguém especial nesse dia. Não pensem assim pessoal, namorada um dia todo mundo terá, até o meu amigo gordo, feio, estranho e com problemas de ereção arrumou uma. Ela não fala, não liga e não racha a conta nos restaurantes, mas depois de sair da casinha e lamber nossos pés eu descubro que ele arrumou a namorada mais perfeita do mundo.

  Outro que será realizado amanhã e que não faço a mínima idéia do porque dele existir, é o tal do Corpus Christi. Meu, que porra é essa? Ninguem sabe nem escrever Christi sem olhar no google antes. Eu descobri agora graças a wikipédia que isso é um feriado Católico, evangélico, budista, vodu, sei la a diferença disso tudo, que celebra… algo importante envolvendo cristo e seu corpo. Prometo não fazer nenhuma piadinha erótica sobre isso, respeito as religiões ou nem tanto assim. Foi por causa desse feriado e desse print que resolvi fazer esse post. Claro, a minha falta do que fazer ajudou também, e o fato de ainda não ter conseguido ver nenhum peitinho no Stickam ajudou mais ainda, mas isso não vem ao caso.

feriado                           (Que feio taay, empatando no Tic Tac com o miojo… não foi assim que te ensinei)

 

  Eu ia procurar alguns feriados na wikipédia pra comentar sobre eles mas desisti, são muitos, um mais inútil que o outro. No Acre tem até o dia do evangélico, o que imagino que seja o dia que os acreanos saem de suas casas com uma biblia escrita a mão e vão pregar a palavra de Deus para os sobreviventes do avião lá que caiu. Ou seja, pessoas que não existem, falando sobre quem não existe para pessoas que não existem mais. Isso tudo num dia que não deveria existir. Mas agora enquanto escapo das pedras que os religiosos provavelmente estão jogando em mim e indo para outros feriados.

  Temos o carnaval, alegria da população, terror para os fabricantes de camisinhas que vendem menos que isqueiros Bic no inferno, os dias em que todos tiram suas roupas, andam pelas ruas ao som de marchinhas felizes e pegam mais na bunda de outras pessoas do que um jogador do são paulo em dia de amistoso. Sempre quis saber como é o carnaval de verdade, aqui em Curitiba as pessoas são tão frias que pra ficar com uma menina você tem que saber dar um beijo de Esquimó a distância. Todos os blogueiros falam tão mal do carnaval, um dia vo descobrir o porque disso, deixem eles pularem, deixa eles dançarem. Faça algo útil por você, se não souber como, faça algo útil pra sua mulher e mande ela pra mim. Não tenho nada contra o carnaval, ver peitinhos é bom*-*

  Temos também o dia dos finados, onde as pessoas se sentem na obrigação de ir num cemitério ver aquele parente que hoje já deve ter virado o braço direito de Deus a tanto tempo que ja morreu. Levar flores, ver pessoas chorando, consolar quem tá do seu lado, encher a cara pra aguentar a choradeira. Eu fico me sentindo num campo de futebol vendo meu grandioso Paraná clube jogar. É quase a mesma coisa, exceto pelas flores que lá eles tem que deixar com os mendigos na portaria, já que nosso estádio fica de baixo da ponte.

  O dia do trabalho, que como ninguém trabalha já fizeram piadinhas demais pra isso. Dia da Independência, proclamação da república, dia do indio, dia do negro, dia do indio com pai negro casado com uma branca africana de descendência nordestina mas sotaque chinês, dia dos animais, dia da caça, outro do caçador, páscoa, natal, aniversário de morte de Napoleão, dia da Nossa Senhora Aparecida (porque imagens de argila também merecem um dia), dia de cão, dia dos mortos, o dia depois de amanhã, ahhhh é muito feriado.

  Então, aproveitem que temos muitos feriados e encham um balde de gelo, botem cerveja dentro, assem linguiça na churrasqueira de tijolos, relaxem numa cadeira confortável e sejam felizes. Trabalhar cansa, não fazer nada cansa mas demora mais. Viva os feriados, viva o velho barreiro, viva eu, viva tu, se não gostou vai tomar no

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics