Conversa entre amigos

Postado por Unknown | | Posted On segunda-feira, 28 de junho de 2010 at 18:50

 Paulo_Autran_Claudio_Fontan Essa não é a única bengala que sustenta meu corpo

Alex, 25 anos      
Profissão: Fracassado
Crime: Assassinato da própria consciência

Júlia, 22 anos
Profissão: Psicóloga
Crime: Ser gostosa demais

Local: Quarto do hotel Luz da brilhantina moderna – calças boca de vuvuzela à preços espetaculares
Data: 19 de Julho de 2010

“Alex estava desesperado, nada em sua vida estava dando certo, sua mulher tomou um tiro enquanto pescava peixes-espada no velho oeste, sua filhinha se casou com seu primo autista e seu único amigo tinha se transformado em crente. Nada estava funcionando, ele teria dado a facada final na sua consciência em forma de sapo se Júlia não tivesse interferido naquele momento…”

- Alex, pare! Você sabe que se depilar seu pinto ele irá coçar quando estiver crescendo e irá te incomodar por dias até que cresça novamente.

- Oh cara Júlia, minha consciência se foi, não há mais nada que eu possa fazer.

- Claro que tem, e eu estou aqui para te ajudar a passar por isso. Agora guarde esse barbeador e me escute.

“Alex guardou, ele não tinha mais noção sobre o certo e o errado, mas ele tinha certeza que Júlia era a única que poderia ajudá-lo. Por Deus, ela era um tesão, se pelo menos ele pudesse tocar naquela panturrilha definida…”

- Júlia, minha linda. Continua correndo desesperadamente atrás de carros em movimento?

- Claro meu amigo, se eles estivessem parados eu não precisaria correr.

“ Como essa mulher era inteligente, sempre sabia o que dizer para pessoas em apuros, deve ser por isso que ela virou psicóloga”

- Me ajude mulher, não tenho mais razão para viver, estou desmoronando em favelas de dor e solidão.

- Calma Alex, ainda deve ter restado algo bom em sua vida, você ama arte, certo? O que acha de irmos a uma peça de teatro? Você já foi em alguma?

- Nunca, você sabe que não tenho cultura alguma. O mais próximo disso que já tive foi quando me masturbei pensando na escritora da saga crepúsculo, e brochei assim que meu pau começou a brilhar.

- Mas, mas… deve ter algo que você queira fazer ainda, algum sonho.

- Eu sou um fracassado, não tenho emprego e nem mesmo fui aceito para trabalhar em uma pastelaria chinesa. Porra, pra fazer isso só precisa saber cuspir!

- Às vezes pequenos prazeres são o suficiente para nos fazer amar a vida.

- Às vezes pequenos prazeres são o suficiente para criar uma vida.

“Nesse momento pensei na minha pequena Maria, minha filha que se casou com seu primo. Me lembrei do meu primeiro dia com ela, aqueles bracinhos, aquela buchecha rosada, aquela boca grande que conseguiu vomitar na minha camiseta nova escrita ‘ SOU UM FRACASSADO FELIZ, O MOTIVO ESTÁ NAS MINHAS CALÇAS’, minha filha… meu tudo. Como será que é o sexo com um autista? Será que ele fica em posição fetal balançando o corpo enquanto meu anjo tenta se encaixar nele? Acho que nunca saberei isso.”

- Esqueça Júlia, você não pode me ajudar, eu irei pular desse prédio e cairei em cima daquela barraca de cachorro quente, morte entre as salsichas

- NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOO

Era tarde demais, Alex caiu e por um segundo sentiu a felicidade que ele tanto procurou na vida, mas era tarde demais, lá, caído e torto com uma panela fervendo de salsichas da sadia nos seus braços, era tarde demais…

Júlia fracassou em curar o fracasso de seu amigo, ela nunca mais poderia ajudar ninguém, e o pior de tudo, ela nunca mais poderia comer cachorro quente na vida, e como ela amava isso, aquele pão macio entre seus dentes e o gosto inconfundível da maionese natural do seu Marcão… nunca mais.

Moral da história: Não seja um filho da puta chato e imbecil, se eu disser que vi um unicórnio na minha frente é porque eu vi,  a razão não pode ganhar da imaginação e sentido as vezes não faz falta.

 

P.S: Demorei pra escrever porque iria fazer um video, tinha tudo preparado e bonitinho já, mas a câmera da minha tia veio sem o cabo e sou pobre demais pra comprar minha própria câmera, então me doem uma ou vão pra put

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics