Porra!!! Outro emprego??

Postado por Unknown | | Posted On terça-feira, 25 de maio de 2010 at 19:09

Não Luan, porra é diversão e não obrigação

  Sim, meu pai me arrumou outro emprego, e dessa vez adivinhem onde: Num posto de gasolina…
  
carros!!
esqueceram_de_mim
 
  Sério, preciso urgente começar a falar aqui que odeio mulheres, quem sabe eu consiga trabalhar como cafetão só pra variar um pouco. Mas esse não é um bico, é algo de verdade, registrado e tudo e por incrível que pareça eu to gostando disso, as pessoas de lá são legais e chamam uns aos outros por apelidos, nunca pelo nome (não interessa a vocês o meu apelido, morram sem saber), os chefes são legais, mas como nada é perfeito os clientes são uns babacas mal comidos que medem o tamanho de sua masculinidade pelo tamanho do seu carro.
 
  Meu primeiro dia foi difícil, ficava um carinha comigo me ensinando tudo e a única vez que fiquei sozinho fiz cagada. Derrubei gasolina em cima de um carro. A merda da mangueira não queria parar de liberar gasolina, parecia um pinto recém chegado de uma viagem de carro sem paradas que quando encontra a privada não para de mijar e se sente como se tivesse tendo um orgasmo, tamanho o prazer disso.
 
  Dessa vez a mulher do carro não reclamou, ninguém brigou comigo e só tiraram muito sarro que me fez querer acender meu isqueiro e matar todo mundo. Mas teve um chato, pediu uma nota, eu mandei o cara imprimir, o cara demorou e quando veio quem levou mijada fui eu: “Que demora do caralho em? Não tem ninguém competente nessa bosta aqui não? Vocês são uns…”

   Nessa hora eu saí de perto e deixei ele falando sozinho, não se xinga um gandula pelo gol que você errou (nunca pensei que faria uma metáfora esportiva aqui).

   Hoje foi outro babaca. Encostou seu carro, viu uma viatura da polícia e começou a gritar no meio de todo mundo: “Onde já se viu, vou no mercado e tem uma viatura, vo no posto tem outra, na minha rua eu não vejo esses malditos passando, vão trabalhar ao invés de ficar parados esperando o crime acontecer".
 
  Senhor… você parou um chevette aqui e abasteceu 5 reais. Você quer policiamento na sua rua pra que? Pra te emprestar dinheiro? Se seu pinto não funciona reclame com o farmacêutico que te deu o viagra, não desconte sua raiva em lugares alheios. Detalhe que o policial que tava parado lá era meu pai.
 
  Duas pessoas que eu conhecia foram lá esses dias. Um deles com uma mulher extremamente boa e outro com um carrão nervoso, e eu me matando de trabalhar. Senti um pingo de inveja, mas passou quando eu me dei conta que fico muito sexy de uniforme e eles não.
 
  To imaginando já o meu primeiro salário. Pretendo gastar ele todinho com prostitutas asiáticas tratadas com depilação brasileira e amortecidas por vibradores humanos africanos. Esse é meu sonho do primeiro salário, os outros eu penso em investir em algo mais útil, tipo um computador de verdade, ou um carro pra ficar bonito, ou mais prostitutas. Apesar de que carro ou computador me garantem mulheres.

   Pode ser que agora eu demore mais pra atualizar isso, quando chego cansado eu penso em dormir, comer, descansar, sonhar coisas retardadas, me distrair, e não escrever pra uma cambada de pessoas que nem comentam ou mandam fotos de seus peitos pra minha alegria, mas ainda tenho que ver, tudo o que eu falo que gosto aqui acontece o contrário na minha vida, então é capaz de eu não manter esse emprego por muito tempo.
blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics