Como seria minha vida

Postado por Unknown | Marcadores: | Posted On quarta-feira, 2 de setembro de 2009 at 22:47

Se eu fosse um personagem de jogo de estratégia

DSC00571

Eu provavelmente seria um cara fodão, não o líder de grupo nenhum porque eles normalmente são uns merdas que só sabem dar ordens mas morrem no primeiro cuspe que receberem na cara, eu seria aquele cara que aparece no meio do jogo, quando o mocinho ta caindo, a mocinha ta prestes a ter sua virgindade retirada a força por homens armados e grandões, eu apareço para violar a virgindade dela antes dos inimigos e mandar o mocinho se virar sozinho. Eu usaria armadura negra, uma espada grande pra compensar a faquinha inofensiva da cintura, cabelos radiantes à luz do sol, tratado com progressivas e seda teen para parecer um galã de novela mexicana em decadência com sede de vingança e um escudo anal que faria o Kid Bengala se transformar em Kid Cipó se tentasse me comer. Eu entraria no meio do jogo e todos tremeriam na base, o chefão do 5º castelo, onde o Bowser se esconde paquerando a princesa indefesa e esperançosa que alguém gostoso, forte e lindo chegue para resgatá-la mas no final sempre aparece um gordinho idiota que pula na cabeça dos inimigos ficaria assustado com minha presença e mandaria os mais fortes guerreiros me atacar, mas todos padeceriam perante minha força extraordinária, conseguida após anos de treinamento com o mestre miyagui e anos de trabalho duro em lava car semi falido do meu tio João, cara legal, pagava em dia, pena que teve uma vez que sua mulher morreu, era sexta a noite, eu precisava beber algo e ele não pode abrir o lava car e fiquei sem nada pra beber, consequentemente não comi ninguém aquele dia, porque só como quando to bêbado, sabem como é né? Ficamos menos exigentes quanto a categoria de nossas comidas, quando em um dia qualquer comemos apenas filé com salmão ao molho de cenouras refogadas devidamente aquecidos em um microondas electrolux, quando estamos bêbados qualquer feijoada com pelos servidos na chapa aquecida com fósforos de motel serve. Claro que quando eu fico bêbado a chance delas ficarem bêbadas também é grande, ali elas que ficam menos exigentes, mas eu posso comer de qualquer jeito então ta valendo, mas não é sobre comida que esse post trata né?

Eu iria destruir o maléfico Bowser e resgatar a princesa, mas um encanador sairia pelos meus canos secretos e a tomaria de mim, então eu voltaria triste, mas nunca derrotado, para a batalha. O mocinho diria que precisaria de mim, porque sem eu ele não é nada e que a vida de muitas pessoas dependem do que eu fizer, então rapidamente tiraria minha roupa de bombeiro que eu estava usando para a parada gay que estava acontecendo paralelamente a batalha em um joguinho qualquer do wii e iria a luta novamente para conseguir meus ideais e poder evoluir para o level 7 e poder finalmente capturar o Charizard, que é level 6 mas mesmo assim consegue ser muito mais forte do que eu, minha pokebola não tem detectores de fumaça porque eu tirei quando resolvi enfiar ela no cu e ela apitava sempre que eu começasse a me excitar e ficar pelando.

DSC00572(essa imagem foi tirada no mesmo lugar que a anterior, mas vejam que agora o Rebel ta matando outro inútil do meu grupo)

Uma vez eu joguei final fantasy tactics mas não consegui liberar o Cloud então fiquei bravinho e quebrei o cd, alguém me empresta ele? Peguei o detonado na web agora e acho que consigo.

Mas então eu passaria por vários castelos, mataria muita gente ao lado do meu recém amigo Lobo Azul, não sei o nome dele, mas ele é um lobo… e é azul, então comecei a chamar ele assim, na verdade ele nem é um lobo, é um velho que se transforma em lobo quando atinge seu cosmo máximo e libera seu 19º sentido, mas não pode passar disso, quando eu me empolgo demais e faço ele liberar o 20º ele vira uma borboleta, no 21º ele se transforma em mim e tenta me comer porque sou irresistível demais até pra mim mesmo, na verdade eu sempre quis me comer até eu perceber que pode não parecer tão grande assim mas dependendo da força e da falta de carinho antes machuca demais, por isso evito deixar ele passar para esse nível. Mas voltando, eu e meu lobo azul, já expliquei porque chamo ele assim né? Não tem nada a ver com a pílula, quando ele toma ela vira um jegue e jegues machucam, não que eu saiba disso mas eu tinha um primo que morava no interior que me disse que uma vez quando ele ganhou seu primeiro sapato de presente mas não sabia como amarrar e tentou por horas a fio essa façanha que nem é tão complicado assim é só usar as dicas de mamãe e a orelhinha do coelho o que eu nunca entendi porque tinham que ser iguais a do coelho para amarrar certinho já que o tênis nem era nike que se reproduz entre as crianças tão rápido quanto um kichute nos pobres mas isso não tem nada a ver com a historinha.

Eu cheguei no último castelo, eu deveria matar o último chefão para conseguir fazer não sei o que porque não entendo inglês e ler a historinha do jogo é chato demais, eu fico apertando X pra pular elas, então eu percebi que o chefão era na verdade meu pau que a anos tinha se separado de mim por mal uso deste e queria vingança, eu não poderia vencer ele mas ele sequestrou a mulher que eu amava, o que não entendi já que se eu matasse meu pau pra que eu iria querer uma mulher? Foi nessa hora que minha primeira namorada presa por uso indevido de drogas prejudiciais ao organismo feminino apareceu e soltou um hadouken misturado com um meteoro que na verdade era um yoga fire do dhalsim que destruir meu pau e me fez pensar no quanto os poderes de yoga poderiam ser úteis quando ainda namorávamos e eu tinha um pinto, então eu me mataria, o mocinho comeria a mocinha que nessa parte do jogo ja tava mais aberta que marmita de pobre em coletivo lotado, e todos viveriam felizes para sempre, menos eu que morri é claro, e nem o lobo azul, que tomou viagra demais, tentou se comer e morreu com um peido entalado no reto que explodiu suas cabeças em 3 partes cada.

DSC00574

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics