Maldita choradeira

Postado por Unknown | | Posted On segunda-feira, 23 de março de 2009 at 14:34

Eu sou um bêbado chato, isso é fato
chorao1

  Esse fim de semana chamei meus amigos para virem aqui em casa. Apenas uma reuniãozinha com as pessoas que eu gosto e as bebidas que eu gosto. A principal função de tudo isso era gravar minha musiquinha feliz, que escrevi a 3 anos com meu amigo ruann, íamos fazer um videoclipe dela, com teclado e tudo. Mas novamente não deu certo por alguns motivos básicos: Choveu, o que fez meu amigo não trazer o teclado e nós ficamos bêbados demais pra poder lembrar da música ou pelo menos ligar a câmera. É incrível como um simples gesto de apertar o botãozinho de ligar numa câmera vagabunda pode ser extremamente difícil quando estamos bêbados. Então não será dessa vez que vocês ouvirão meu sucesso “bucetinha pequenina”.

  Papo vai, papo vem, no ultimo post eu tinha falado sobre meu vizinho maldito e sua máquina de cortar madeira que me acordou. Eu me vinguei. Ficamos sozinhos em casa, e o som só parou de tocar lá pelas 6h da manhã, e eu, como um bom bêbado chato que sou, fiquei gritando que nem um idiota: “Tomaaaa, vai me acordar agora. Velho malditooo”. É, pelo menos ele não chamou a polícia…

  Mas a parte chata de tudo isso foi no final. Nós já tinhamos matado uma caixa de cerveja, duas garrafas de velho barreiro e 5 carteiras de cigarros vagabundos de 1 real cada. Tinha sobrado apenas um conhaque barato de marca duvidosa e gosto de merda líquida com terra. Fomos virando, eles assaltaram minha cozinha umas 10 vezes (depois eu que sou o gordo, aqueles caras acabaram com um bolo inteiro que minha mãe tinha deixado na mesma velocidade que meu pinto fica duro após ver uma tetinha na televisão de alguma atriz desconhecida de algum filme ruim que eu to assistindo só por causa dela).
DSC00354                             (conhaque vagabundo de 3 reais e um colchão infantil ao fundo)

  Após atacarem o bolo mais verozmente que um bando de nerds atacam uma playboy após sairem de uma conferência de star wars, nós começamos o momento emo. Um momento onde se reunimos, abaixamos o som e falamos sobre nossos problemas amorosos ou pessoais uns para os outros. Que merda pessoal, o único lá que não tava bebendo era meu amigo Pablo, e eu disse coisas pra ele que to até agora com vergonha de ter dito. As vezes é bem melhor mesmo você não se lembrar da noite anterior, mas dessa eu lembrei, e olha que nós bebemos… e muito. Pra vocês terem uma idéia, eu vomitei, coisa que eu não faço nunca quando bebo.

[obs nada a ver com a história: Cagar de ressaca é realmente uma merda. Minha mãe ta lavando meu banheiro e acabei de ir cagar no dela. Puta que pariu, no momento que eu sentei na privada veio um jato gigante de merda líquida que saiu com uma puta força, bateu na água e voltou na minha bunda. Pra limpar aquilo foi literalmente uma merda, com direito a respingos no tapete e meu pai entrando logo em seguida no banheiro e perguntar pra mim: “Nossa luan, quem você matou aqui?”. Que vergonha].

  Voltando ao momento emo, foi até divertido, com direito a homens chorando, homens tristes. Só sei que se tivesse alguma mulher ali, o que nunca tem, porque as mulheres dessa vila sentem nosso cheio de longe e tentam nunca passar perto da minha casa, elas teriam nos chamado de gays até não poderem mais. Claro que pra chamar nós de gays é só ver essa foto tirada num momento de embriaguês forte e descontrolada.

DSC00351 
(eu machão, ruann cabelo lindo e o ramon, com cara de “bate logo essa foto pra eu voltar a dormir")

  Mas tirando tudo isso foi até divertido, com direito a discussão sobre como é o cheiro de uma vagina (??) e dicas amorosas do Ruann entre outros, como: Brigas internas de nossos outros amigos, sabores de camisinhas, lutamos boxe no quintal, discussão sobre nossa preferência: depiladas, peludas ou semi depiladas (??). No outro dia eu acordei, tomei uma cerveja pra sarar enquanto eles ficavam jogando madworld no meu wii e eu voltava a encher a cara pra hoje estar aqui… com a cabeça doendo mais do que cu de virgem após fazer um pornô com o kid bengala e com um puto peso na consciência de ter feito papel de idiota.

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics