Eu, Eu mesmo e a Sirene

Postado por Unknown | | Posted On quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009 at 13:11

  
  Bêbado só faz merda. Isso é um fato inquestionável. Eu sou um belo exemplo disso. Acho que tenho que parar de beber, é foda demais você ir numa festa, se divertir pra caramba e no outro dia acordar com aquela sensação de: Puta que pariu, me fudi…Mas isso é normal, eu esqueço e no fim de semana seguinte já estou enchendo a cara novamente. Mas não é sobre isso que eu quero falar, na verdade nem sei sobre o que eu quero falar, to com sono, confuso e sem cigarros.
- Fala sobre polícia, sua escola, sua vida. E pare de fumar seu filho da puta, esse pulmão também é meu. Não quero ter que pegar um câncer por sua causa seu maldito.
  É, vou falar sobre meu antigo colégio, o Colégio da Polícia Militar do Paraná. Meu, la passei meus 6 piores anos da minha vida. Pra começar estudava numa sala cheia de homens. Nada de mulher… 
- Deve ser por isso que você virou o gay que você é agora. 
  Mas isso não influenciou em nada na minha sexualidade. Fiz vários amigos, e foi lá que descobri que eu sou um tanto quanto burro. Sei la, sempre passei de ano na louca, chupando professores, me comportanto bem, dando prazeres inesquecíveis para a Maria, minha professora de matemática…
- Quem você quer enganar cara, com esse seu pintinho não poderia dar prazer nem a uma formiga.
          eu

                       (Eu no auge da minha 5ª série usando a farda do colégio
                        - Muito gay)

   Mas então fui seguindo. Quando entrei na 7ª série começaram a aparecer meninas no colégio. Foi ai que eu vi ela, minha grande paixão, a menina mais linda do mundo, perfeita, carinhosa, simpática, legal, seu nome era
- João.
  Bruna. Já falei sobre ela por aqui, nunca consegui trocar uma palavra com ela porque eu era (sou) cuzão demais pra me relacionar com pessoas fora da internet.
- Cara, você é cuzão demais pra se relacionar até com um cachorro, seu inútil. Tenho pena de você.
  A única coisa boa que eu me lembre de ter passado nesse colégio foi meu time de vôlei, com um professor que ia uma vez por mês e quando aparecia só dava mijada em nós. Eu até era bom no vôlei, mas era baixinho demais e sempre ficava de fora nos jogos
- UAHSUAHSUAH agora ri muito cara, você ta dizendo que ficava de fora só porque era baixinho? Você é muito trouxa mesmo, você ficava de fora porque nos jogos você se cagava de medo de entrar, e quando entrava fazia mais cagadas ainda. Você era uma merda, adimita isso.
  É, eu era bom. O mais legal era sair nos ônibus da polícia, se achando o fodão, metendo medo nas pessoas. Quando eu voltava pra casa era a melhor parte, tudo bonitinho, andando de uniforme, chamando a atenção das mulheres
- 1º, o certo é arrumadinho, porque bonitinho você nunca foi, 2º, a parte das criancinhas rindo da sua cara e perguntando se você era dos guarda-mirins você não menciona né? 3º, você nunca chamou a atenção de menina nenhuma, unico sentimento que elas sentiam por você era pena. 4º, vai se fuder seu retardado.
  Ahhh vai se fuder você, não vem me xingar não, você que é o intruso no meu corpo
- Eu?? Se não fosse por mim você seria BV até hoje
  Eu preferia ser do que ter você dentro de mim, me deixe em paz, eu sei viver sozinho.
- Sabe nada, você é um inútil. Todas as idéias desse blog fui eu que te dei, se não fosse por mim esse seria um blog emo onde você contaria que sua vida é sem graça, ninguem te ama, ninguem te quer.
  Mas pelo menos eu estaria fazendo algo que eu gosto, e nem todas as idéias foi você quem deu, você fica entrando na minha mente e me obrigando a postar isso.
- Adimita, sem eu você já teria se matado naquele verão de 2001.
  Nem entre nesse assunto seu mala. Porque você não vem aqui e conta seus podres? Como fim de semana passada que você tentou comer uma menina, ela não quis te dar e pra tentar convencê-la você usou o seguinte argumento: “Vamos lá, só dois minutinhos, ninguem vai notar”; Seu precoce, quem termina uma sessão de sexo em dois minutos?
- Foda-se, ela era feia. Dois minutos era o tempo que eu levaria antes de vomitar.
  Mas foi você que deu o 1º beijo nela depois deixou comigo
- Se fudeu otário
  Te odeio cara… sério
- Problema é seu, eu continuarei habitando seu corpo por toda eternidade.
  Isso ficou meio gay
- É mesmo… trégua?
  Trégua
- Então morra
  Morra você, engasgado com seu próprio pinto enquanto suas costelas quebram por causa do esforço que você está fazendo para se chupar.
- Morra atropelado por uma van cheia de elefantes e vire um resto de merda apodrecida por onde será jogado numa valeta cheia de piranhas que te comerão até você perceber que está fudido o suficiente e decidir morrer…

blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics