Sessão, faça você mesmo

Postado por Unknown | | Posted On sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 at 17:08

Na nossa comunidade do orkut, meu amigo e moderador Ian teve uma idéia ótima: Fazer um tópico para as pessoas com imaginação escreverem suas histórias. Eu adorei isso e prometi publicar aqui as que eu mais gostar. Só uma pessoa escreveu até agora, mas espero que tenha muitos textos de vocês, queridos leitores, publicados aqui no blog. Como esse do meu grande amigo Noah, que me deu a idéia do post abaixo sobre novelas e agora fez esse:

Como odiamos algumas coisas

Na vida sempre odiamos algo, nunca deixamos de odiar alguma coisa, um vizinho filho da puta que nao quer dar o rabo para você, uma biscatinha da escola que te rejeitou, um professor veado que fala coisa que você não entende e isso te deixa excitado ou até mesmo deus, sim, ele que as vezes não atende o seu pedido de perder a virgindade.
Bom, mas seja qual for o seu motivo, odiar não é bom, ou é, vai saber, só que odiar é algo contagiante, quando você odeia uma coisa muito, começa a odiar o resto, se bestar até seu chinelo velho e podre que não serve nem para socar no cu mais( aaah eu sei que voces tem um desses! )Uma das coisas que eu mais odeio é bater punheta e estar sem imaginação (rapidamente soco o dedo no cu e fica tudo bem), é um droga, não tem graça e não da tesão! Também odeio quando os sites pornos dão pau(eu deveria gostar disso, mas nesse caso é negativo =/), também odeio os playboys filhos das putas da minha classe ( não necessariamente das putas da minha classe, mas são putas só porque os botaram no mundo!), odeio também a vadia da cantina que eu tenho que repetir 10 vezes qual lanche eu quero até ela entender que eu queria comer ela e nao o lanche.
Tirando todos esses fatos eu também adoro amar, amo bater punheta pensando em algo bom, amo quando os sites pornos pegam e dao pau (entendeu né?), amo socar meu chinelo velho no cu, amo as putas da minha classe, exatamente pq sao putas e da para pegar, amo os playboys porque minto para eles e consigo dinheiro comendo-os e amo a tia da cantina porque ela é dificil e sendo dificil eu adoro. 

[comentário meu]Enfim, ódio e amor são coisas naturais em nossas vidas, todos sentimos. Principalmente quando estamos bêbados, que odiamos até nossas mães que mesmo pagando todas nossas bebidas ainda nos achamos no direito de pedir mais.[/comentário meu].

 É isso ai pessoal, esse foi meu amigo Noah mostrando que todos podem ser escritores. Eu adorei esse post dele e quando li fiquei empolgado em postar aqui, espero que vocês tenham gostado. E se tiverem alguma idéia e queiram escrever merda para fazer eu perder meu tempo lendo, entre nesse tópico da nossa comunidade e deixe lá seu texto. Prometo ler todos e quem sabe postá-lo aqui.

 Nossa comunidade: Seguidores do velho barreiro 
blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics