A história do Unicórnio Cor-de-Rosa

Postado por Unknown | | Posted On quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 at 16:13


 Era uma vez um unicórnio cor-de-rosa, seu nome era Pedrão, ele passeava tranquilamente pela floresta amazônica australiana quando um dia ele parou e pensou: Caramba... eu sou virgem, sou tão bonito mas nunca comi ninguém. Então Pedrão teve uma idéia. Ele prometeu pra si mesmo, hoje eu vou transar. Ele saiu saltitando, feliz da vida quando encontrou um esquilo e perguntou:
- E ae esquilo, quer transar comigo?
O esquilo respondeu:
- Nem quero, você é grande demais pra mim.
Triste, o pobre paulão continuou sua busca incansável à procura de sexo, ele andou, andou e andou. Até que um dia ele encontrou uma enorme casa feita de doces, entrou para ver o que tinha e deu de cara com duas crianças mortas e despedaçadas caidas pelo chão feito de rapadura. Era João e Maria... Nesse momento a bruxa apareceu e disse: O que você deseja caro unicórnio? Ele respondeu: Quero te comer. A bruxa caiu na gargalhada e disse: Isso é uma historia infantil meu amigo, voce nunca vai comer ninguem aqui. Ele saiu novamente pela floresta quando encontrou uma trilha de pão e logo pensou: É, joão e Maria se fuderam legal. Mas ele não estava triste, não meus amigo, ele estava muito feliz, ele tava alegre, disposto, bonito, saldável e gostoso, ele queria comer, mas hoje em dia nesse mundo cruél e maligno, quem não quer comer? Comer faz parte da natureza humana, todos devemos comer, comer significa viver, significa ser forte, ser viril, o mundo precisa de mais comedores, o mundo precisa de mais comida, e de mais sexo. Esse é o fim da história do unicórnio cor-de-rosa, espero que tenham curtido.

Moral da história: Elefantes argentinos com lepra e rabo vermelho não sabem transar.


obs: usem sua imaginação ou o paint que o unicórnio da foto ficará cor-de-rosa

UPDATE: Sim, antes ele se chamava Pedrão, depois começou a se chamar Paulão, não me perguntem porque, o nome é dele ele pode mudar a hora que quiser.
blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics