Aquela festa...

Postado por Unknown | Marcadores: | Posted On quinta-feira, 9 de outubro de 2008 at 03:44

Bem, chega de emisse por hoje né? vou contar sobre aquela festa...aquele maldito show de rock que eu fui. Bem, o que poderia ser ruim num simples show de rock com os amigos? Sim, ela mesmo. A maldita (mas adorável) bebida. Tava tudo bem, meu amigo foi la em casa com a namorada, me acordou (as 3h da tarde, maldito), fiquei de vela por algumas horas, assistimos Monty Phyton pela 12 vez, na verdade eu assisti, eles ficaram se beijando na minha frente, o que me fez lembrar que eu não tenho ninguem... Mas então, eles foram embora, eu fiquei no computador mais umas tres horas, esse meu amigo voltou, agora sozinho, e nós fomos para o grande show de rock de bandas independentes da minha vila (??). Chegando la, vi uns amigos, comprei umas cervejas, conversamos ao som de Nirvana, uma menina ficou olhando pra mim com uma cara de: quer me comer agora ou vou ter que dar pra outro? como sempre eu não cheguei e provavelmente depois ela deu pra outro. Bebida vai, bebida vem, quando eu resolvo fazer uma coisa que eu não deveria ter feito: misturar cerveja com tubão. Ai meus amigos, ai fudeu. Eu adoraria me lembrar do que realmente aconteceu naquela noite, mas eu perdi a noção de tudo. fiquei sabendo no dia seguinte pelo meu amigo que contou tudo. Primeiro eu fiquei com uma menina (???), ohhh isso é ótimo pra um fracassado como você, vocês devem estar pensando. mas não foi. Eu me lembro de pequenos flashes, onde eu tava agarrado com ela, tentando beijar e ela me empurrava, o que me fez pensar se eu realmente fiquei com ela ou agarrei a força, mas isso ninguem sabe. Ou ninguem quer me contar. Só sei que segundo meu amigo logo depois que eu sai ela ficou com outro cara. Mas sério, é foda. Se eu encontro essa menina um dia na rua eu nem vou saber quem é, na verdade não sei nem se era menina (uiii), pois bem, além disso teve outros micos menos piores, como ficar andando de 4 no meio da rodinha de porrada, conseguir sair de la, levantar e voltar pra la. Falar que considera pra caralho uma pessoa que você nunca viu na vida, dar uma cantada em outra menina, levar fora e ela ainda roubar seu tubão. Bem, essas coisas que todo bebado passa alguma vez na vida. Mas o pior de tudo mesmo é a ressaca moral. Voce acordar no outro dia e pensar: "caralhooo que foi que eu fiz", depois ainda ter que ouvir de outras pessoas as coisas que voce fez, e ainda ser zuado. Mas como diz o bom e velho ditado popular: foda-se. Vô continuar bebendo e fazer merdas mesmo. Quem se importa? 
blog comments powered by Disqus
 
Web Analytics